[Crônica] Rasquei as fotos

em 27 de ago. de 2020

Quando decidi ir embora, pensei que tudo ficaria bem, mas ao mesmo tempo o medo de ficar só veio. 

Eu devia ter rasgado as fotos, jogado os presentes fora. Mas eu olhava para aquele ursinho com coração e ficava com pena. Como eu poderia jogar algo assim fora? Como eu era cruel jogando um amor tão grande no lixo?!

A culpa nem é sua. A verdade é que queremos alguém que nos salve. Que nos salve nos dias ruins. Que apenas diga que ficará tudo bem. E as vezes esperamos do outro demais. Esperei demais de você. Esse foi meu erro. E com o tempo aprendi que não existe amor eterno. Que se não tá fazendo bem, o único caminho é ir embora E tudo bem também.  Briguei demais querendo você em minha vida quando na verdade você  nem fazia questão de ficar. 

LEIA MAIS

Paginação numerada



Destaque

Sinceridades

  Hoje acordei mais racional. Ouvi meu coração que me xingava por ter deixado uma suposta chance de ser feliz escapar. Mas acontece que não ...

Topo