[Crônica] Amor Ou Amora?

em 21 de abr. de 2020

Temos visto uma grande variedade de amores por ai, cada um ao seu jeito que na verdade destrói vidas e causam feridas muitas vezes difíceis de cicatrizarem, e mesmo que um dia cicatrizem a dor sempre volta insistente e sem respeito, ate que você dê um basta, e resolva seguir em frente. Tem pessoas que amamos a vida inteira que se tornam partes de nós, irremediável, enquanto outras nos trás outra forma de amar, ou gostar, mas também é amor, ou não? Se tudo hoje é considerado amor, então a resposta seria sim, também é amor. Eu venho de um mundo onde o verdadeiro amor das pessoas esfriou, onde o eu te amo é dado como beber um copo d’água ou uma simples troca de roupa, tão natural, sendo um sentimento tão complexo e pouco utilizado no dia a dia. Se a essência se perdeu com o tempo, então o que realmente é o amor nos dias atuais? E qual seria o desafio? Como distinguir paixão, amor e gostar? Este é o grande desafio atualmente, saber separar os sentimentos. Eu vejo amor em muitas coisas e, também vejo a falta dele em muitas pessoas. E talvez seja este o problema, aprendemos a amar as coisas materiais e esquecemos como realmente amar os seres humanos. E como seria fácil acreditar em um amor real, sincero e tranquilo, longe da falsidade e ambição do mundo. Acima de tudo real, porque de fantasia estamos fartos! E na verdade amar é uma condição, porque não podemos amar sem medo, sem receios, de peito e coração aberto? Porque o amor e o medo sempre andam juntos, quando um é inimigo do outro? Para sentir o amor em sua total profundidade, você tem que desapegar de sentimentos menores e se entregar para vida, afinal como sempre digo você merece ser feliz. Mas para ser feliz tem que deixar algumas paisagens para trás, não tenha medo, quando você se entrega para a vida ela te trás o que você tanto busca. 

*Texto extraido do libro As Crônicas da Aninha disponível no Amazon e Clube de Autores

Curtiu o post? 
Então curta, comente, compartilhe e siga o blog! 

Beijos escritos,

Márcia Lima 
Escritora e blogueira 
Redes sociais
*Instagram: Márcialimaautor 
*Twitter : Márcialimaautor 
*Facebook: marcialimaautor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Paginação numerada



Destaque

Sinceridades

  Hoje acordei mais racional. Ouvi meu coração que me xingava por ter deixado uma suposta chance de ser feliz escapar. Mas acontece que não ...

Topo