Eu desisti

em 9 de jan. de 2018


Eu li em livros e sempre torci para o casal mocinho da trama alcançar o tão almejado felizes para sempre e achei que ele realmente existisse.
Eu via nós dois como uma cópia dos livros românticos que eu lia que leio até hoje, mas o tempo passou e me mostrou que felizes para sempre não existe, sei bem o que vai dizer que não é o culpado e você tem toda razão você não é o culpado mesmo não, sou eu que me iludi e acabei colocando você, alias minhas expectativas em você em um pedestal tão alto que ninguém jamais alcançara. Por um minuto esqueci que somos apenas humanos e sim falhos, eu criei um mundo perfeito e esqueci de lembrar que como diz a músico os perfeitos não sabem amar.
Me enchi de sonhos tolos e impossíveis, é que quando eu amo, eu costumo me entregar por completo, sem reservas, e não que esta atitude seja uma atitude errada, mas você não era a pessoa certa para receber um coração tão grande e talvez nem estivesse preparado para receber, a culpa realmente não é sua se você ainda é um ser incompleto.
Hoje me esvazio de tantas ilusões e encaro a realidade como ela realmente é, somos seres humanos falíveis e cada pessoa que passa por nossa vida está de passagem, você estava eu não percebi.
E se me perguntar quando foi que eu abri os olhos, eu lhe diria que foi quando veio o dia 31 de Dezembro e 1º de Janeiro eu esperava apenas uma mensagem sua mesmo seca de um feliz ano novo, mensagem esta que não veio me deixando em uma total falta de ânimo e inconformismo.
Até olhar para o lado e ver que a pessoa que eu precisava estava bem do meu lado em todos os momentos em que eu chorei por você, nós estamos na segunda semana do ano e eu quero te dizer que não guardo rancor nem mágoa, mas estou sim amando muito outra pessoa.
No dia 2 de Janeiro me olhei no espelho e vi alguém que eu realmente devia amar, eu vi minhas qualidades e ao contrário do que você vivia dizendo, eu me achei linda, poderosa e porque não gostosa, sim eu me amo e sou isso tudo e muito mais.
Estou iniciando uma nova etapa em minha vida e nela não cabe você, espero que entenda e que siga teu caminho em paz, porque tudo que eu quero para este ano é paz e tranquilidade para o meu caminho.
E antes que você fale que eu te traí, não, eu não te traí, eu apenas comecei a ver a vida como ela é, cheia de oportunidades, eu desisti de nós para dar espaço para outro nós, porque aprendi que eu e você nunca tivemos um verdadeiro nós, e se você perguntar o que ele tem que você não tem, bem ele agora tem o meu coração, que você não soube cuidar.
Meus sinceros votos de felicidade e até um dia talvez.
*****************************************************************************

Fala galera linda, primeira crônica do ano, o que acharam? Libertadora não?
Se gostaram, façam um favor: Curtam, Comentem, compartilhem com teus amigos e claro não deixe de seguir o blog, ok?

Beijos Doces!

Ana Ferreira Lima
Sigam-me nas redes sociais

*Twitter @anaferlimaautor *Instagram @anaferlimaautor *Facebook @autoraanaferreiralima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Paginação numerada



Destaque

Sinceridades

  Hoje acordei mais racional. Ouvi meu coração que me xingava por ter deixado uma suposta chance de ser feliz escapar. Mas acontece que não ...

Topo